Canção Nova participa de encontro da Fraternidade Católica em Roma

Encontro antecede o primeiro evento do Charis, novo órgão internacional de unidade da Renovação Carismática Católica e das Novas Comunidades

Julia Beck
Da redação, com colaboração de Cristiane Monteiro

A cofundadora da Comunidade Canção Nova (CN), Luzia Santiago, e o vice-presidente da comunidade, padre Wagner Ferreira, participam desde terça-feira, 4, no Centro de Congressos de Villa Aurélia, em Roma, do encontro internacional de fundadores e moderadores das Novas Comunidades. O evento prossegue até esta quarta-feira, 5, e serve de preparação para o primeiro encontro do Charis, novo órgão internacional de unidade da Renovação Carismática Católica e das Novas Comunidades. Os participantes se encontrarão com o Papa Francisco neste sábado, 8, durante Audiência no Vaticano.

O Charis surgiu de um pedido do Santo Padre feito em 2015, com o desejo de que o ICCRS (Serviço mundial da Renovação Carismática Católica) e a Fraternidade Católica Internacional(Novas Comunidades) trabalhassem para estabelecer um novo serviço para todas as expressões da Renovação Carismática Católica (RCC). Padre Wagner Ferreira é membro do grupo de transição do Charis no Brasil e explicou este novo serviço.

“A palavra Charis vem do grego e significa graça. O apóstolo São Paulo, sobretudo em muitas de suas cartas, utiliza este termo para dizer: Deus nos concede pelo Espírito Santo a graça de uma vida nova, o dom de uma vida nova em Cristo Jesus. Então a palavra ‘charis’ significa graça porque o Espírito Santo nos concede esse dom para que possamos viver como discípulos e discípulas de Cristo”, comentou o sacerdote.

Fonte: CANÇÃO NOVA

leia também