Em um dia como hoje, São João XXIII inaugurou o Concílio Vaticano II

REDAÇÃO CENTRAL, 11 Out. 19 / 06:00 am (ACI).- Neste dia 11 de outubro, completa-se 57 anos da abertura do Concílio Vaticano II, o grande evento mundial e eclesial impulsionado por São João Paulo II para buscar o “aggiornamento”, ou seja, a atualização da Igreja para aproximá-la do mundo atual.

O Concílio ecumênico foi inaugurado em 11 de outubro de 1962 e se dividiu em quatro etapas. Participaram cerca de 2 mil Padres Conciliares de todo o mundo.

Antes de inaugurar o Concílio, João XXIII criou em 1960 o Secretariado para a promoção da unidade dos cristãos, uma comissão preparatória que mais tarde se tornaria o Pontifício Conselho para a Unidade dos Cristãos. Foi a primeira vez que a Santa Sé criava uma estrutura para tratar de temas ecumênicos.

Para a presidência desse organismo, o Pontífice nomeou o Cardeal Augusto Bea, que depois se tornaria uma importante figura do Concílio.

Ao Concílio foram convidados como observadores membros de diversos credos desde muçulmanos até índios americanos, assim como membros de todas as igrejas cristãs: ortodoxos, anglicanos, quacres e protestantes em geral, incluindo evangélicos, metodistas e calvinistas não presentes em Roma desde o tempo dos cismas.

Assim, o Concílio Vaticano II se tornou o fato mais decisivo da história da Igreja no século XX. São João XXIII não pôde ver a conclusão porque faleceu em 3 de junho de 1963.

Que prosseguiu com o Concílio foi o Beato Paulo VI, que em breve será declarado santo, e que foi eleito Sucessor de São Pedro em 21 de junho de 1963.

O Concílio Vaticano II foi encerrado em 8 de dezembro de 1965 e deixou como legado uma série de importantes documentos que seguem sendo de grande atualidade.

Quatro Constituições: Dei VerbumLumen GentiumSacrosanctum Concilium e Gaudium et Spes; três Declarações: Gravissimum EducationisNostra Aetate e Dignitatis Humanae; e nove decretos: Ad GentesPresbyterorum OrdinisApostolicam ActuositatemOptatam TotiusPerfectae CaritatisChristus DominusUnitatis RedintegratioOrientalium Ecclesiarum e Inter Mirifica.

Fonte: ACI DIGITAL

leia também