Joinville: fiéis realizam ação concreta pelos mais necessitados

Numa iniciativa do padre Renato dos Santos, salesiano, os bancos da igreja de Santo Antônio foram ocupados por cestas-básicas. “Cada cesta é um gesto de amor”.

Silvonei José – Cidade do Vaticano

Tive uma ideia que, penso eu, será muito oportuna neste momento. Assim começava a mensagem do pároco da igreja Santo Antônio, em Joinville, SC, o salesiano Renato dos Santos. Muito amado pelo seu jeito de cativar as pessoas, pe. Renato, recordando que “o nosso querido Papa Francisco estava aderindo à convocação de todas as religiões do mundo para um dia de Oração, Jejum e Caridade para implorar a Deus o fim da pandemia do coronavírus”, pensou num gesto concreto da caridade dos seus fiéis para com os que sofrem.

Igreja de Santo Antônio, Joinville
Igreja de Santo Antônio, Joinville

E esse gesto concreto se realizou neste dia 14 de maio em que o mundo inteiro parou, por um momento, no Dia Mundial de Oração, promovido pelo Alto Comitê para a Fraternidade Humana para pedir ao Senhor o fim da pandemia da Covid-19. Francisco na missa nesta quinta-feira, na capela Santa Marta, no Vaticano, recordou que existem também outras pandemias que causam milhões de mortos, como a pandemia da fome, a pandemia da guerra e das crianças que não têm acesso à instrução, e convidou a pedir a Deus que nos abençoe e tenha piedade de nós.

Ontem, quinta-feira “foi um dia de oração, jejum para pedir a Deus misericórdia e piedade neste momento trágico da pandemia. Todos somos irmãos. São Francisco de Assis dizia: ‘Todos irmãos'”, disse Francisco.

Igreja de Santo Antônio, Joinville
Igreja de Santo Antônio, Joinville

A igreja de Santo Antônio em Joinville ficou aberta durante todo o dia para que um membro de cada família, ou, de cada empresa pudesse oferecer, ao menos, uma cesta-básica, para ser entregue aos mais necessitados.  As cestas doadas foram colocadas nos bancos da igreja, simbolizando a caridade da Família neste tempo  que pede a nossa solidariedade. Onde cada família se sentaria, foi colocada ali uma cesta básica, doada por ela, com muito amor e carinho.

Padre Renato na redação do Vatican News
Padre Renato na redação do Vatican News

Padre Renato pensou em alcançar a cifra de, no mínimo, 2.000 cestas-básicas, mas os números foram superiores. “Pareciam formiguinhas carregadeiras. Assim pareciam os fiéis da nossa paróquia. Das 8 da manhã até às 8 da noite, o povo não parou. Devagarinho as famílias trazendo as cestas, dobrando os joelhos diante do Santíssimo, foi emocionante. Cada cesta básica é um gesto de amor”, disse padre Renato.

Ouça a declaração do padre Renato dos Santos

“O Santíssimo Sacramento foi exposto sobre o altar. Cada membro da Família dobrou os joelhos em oração, pedindo as graças necessárias para sua família e necessitados. Jesus olhará de perto nosso gesto de amor…, finalizou o pároco.

Igreja de Santo Antônio, Joinville
Igreja de Santo Antônio, Joinville
leia também