Papa Francisco despede-se do Japão

Dias intensos vividos em países com minoria católica e com uma cultura milenar. O calor na acolhida e a mensagem de paz e proteção da vida marcou esta que foi a 32ª Viagem Apostólica de seu Pontificado.

Cidade do Vaticano

“Agradeço a todo o povo japonês a gentil recepção e as boas-vindas que me foram concedidas durante minha Visita Apostólica. Terei todos vocês em minhas orações”, escreveu o Papa Francisco em um twitter em inglês e japonês, publicado pouco antes de despedir-se do País do Sol Nascente.

“Minha estada neste país foi breve, mas intensa. Agradeço a Deus e a todo o povo japonês pela oportunidade de visitar este país, que marcou fortemente a vida de São Francisco Xavier e no qual tantos mártires deram testemunho da sua fé cristã. Embora os cristãos sejam uma minoria, sente-se a sua presença”, disse em seu discurso na Sophia University, último compromisso em terras japonesas.

Da universidade dos jesuítas o Papa deslocou-se até o Aeroporto de Tóquio-Haneda, distante 20,3 km, onde saudou os bispos japoneses e as delegações presentes. Não houve discursos nem cerimônias oficiais. O voo 8787-9 da All Nippon Airways decolou às 11h43, horário local, com destino a Roma.

leia também