Regional Oeste 1 reune o CONSER pela segunda vez neste ano

O Regional Oeste 1, entre os dias 01 e 02 de agosto se reuniu em conselho (CONSER) pela segunda vez neste ano. O CONSER é um momento muito importante na vida do Regional, pois é nele, que os bispos encontram entre si e também com as coordenações regionais das pastorais, dos movimentos, dos  serviços e organismos da Igreja da região.

Este evento se dá em vários momentos: no primeiro dia, acontece o encontro privativo dos bispos, logo mais, cada bispo chamado de referencial se encontra com as pastorais especificas, e mais tarde as pastorais, movimentos, serviços e organismos se reúnem com o secretário executivo e os coordenadores diocesanos de pastoral, para refletirem sobre as ações concretas, que se está trabalhando, e também para sugerirem ações novas, ou avaliarem outras mais necessárias e urgentes.

O segundo dia do CONSER é celebrativo,  pois inicia com a celebração da Santa Missa; é formativo, dado que sempre se aprofunda algum tema de relevância eclesial para as pastorais; e por fim, é um momento de partilha onde cada segmento presente expõem suas fortalezas e as suas debilidades, os avanços e retrocessos nos projetos almejados para o semestre.

O CONSER, que apenas se encerrou, foi rico em partilha e também marcado por uma reflexão muito forte feita pelo CIMI, que como organismo da Igreja Católica apresentou aos membros do Conselho a triste realidade dos Povos Indígenas do Mato grosso do Sul.

A Igreja do MS caminha, está em saída, mas segundo os participantes do Conselho, essa caminhada deve ser feita mais em conjunto, com um perfil mais orgânico, onde uma pastoral, ou movimento e mesmo os serviços e organismos possam se entrecruzarem no processo de ajuda mútua, já que ambos atuam nas mesmas comunidades. E o desejo de uma ação pastoral mais de conjunto acabou sendo o grito mais forte ao longo de todo o Conselho.

20160802_070716[1]

Uma outra reflexão, que nasceu dos diálogos, foi aquela da realização de um endomarketing, a Igreja como um todo, vem realizando ações maravilhosas, que nunca são divulgadas, deixando assim, que prevaleça o pensamento da sociedade, de que a Igreja é retrógada ou comunista. Portanto está na hora de se pensar um modo em que os feitos que a Igreja por sua vocação realiza, principalmente o da evangelização e defesa da vida em toda a sua extensão e circunstância sejam vistos e entendidos

Um terceiro encaminhamento, é aquele de realizar um encontro com as lideranças de pastorais ou serviços, que atuam junto aos Povos Indígenas nas dioceses, para que coordenados pela secretaria executiva, se pense a Pastoral Indigenistas.

E por fim, o quarto encaminhamento é a Assembleia Anual Ordinária, que ocorrerá nos dias 15 e 16 de outubro, momento este que será iluminado por uma reflexão sobre a Pastoral Orgânica com foco na pastoral urbana.

Ir Silvio da Silva – Secretário Executivo do Regional Oeste 1

Categorias: Regional Oeste 1

Responder

Seu email não será publicado.

Powered by themekiller.com