Seminário Diocesano Propedêutico Cristo Sacerdote

Como cristãos sabemos bem a importância que tem os padres nas nossas paróquias e comunidades, e mais ainda o bem que essas pessoas ungidas e consagradas fazem para nós: aquela palavra de conforto na hora que precisar, o atendimento nas confissões, os demais sacramentos que eles nos garantem, entre todos a consagração da Eucaristia nas missas e ainda a presença deles em inúmeros momentos de formação e de espiritualidade que nem precisa contar. Mas ninguém nasce sacerdote: o sacerdote se torna tal depois de um chamado particular de Cristo e uma resposta livre por parte dele. O jovem que responde, que a partir daquele momento é chamado de seminarista começa uma caminhada longa e a percorre, por um bom tempo, junto com outros jovens no ambiente de formação, no seminário, que, apesar de ser uma palavra aparentemente estranha, é um lar, uma casa familiar acolhedora e que os jovem sentem como verdadeira casa deles.

A palavra “seminário” vem do latim “semen”, que significa “semente”. A história dos seminários tem origem no Concílio de Trento, concluído em 1563, quando os mesmos foram instituídos para garantir que os candidatos ao sacerdócio recebessem em determinado tempo uma sólida formação espiritual e cultural. Fundamental foi em seguida a contribuição de São Carlos Borromeu pelas dicas práticos e a maior consolidação dos mesmos. A partir de lá, todas as dioceses, congregações e institutos religiosos criaram seus seminários no mundo inteiro.
Com o objetivo de continuar essa fundamental e indispensável tradição, garantindo assim, bons padres em nossa diocese, nós, também, diocese de Naviraí, criamos o nosso seminário de propedêutico, que é a primeira etapa, instituído e inaugurado pelo nosso bispo dom Ettore em fevereiro do ano passado de 2013. Com pequenas turmas começamos, assim, nossa caminhada vocacional diocesana, garantindo um tempo e um lugar privilegiado no seminário “Cristo Sacerdote” onde as várias dimensões humanas e espirituais se cruzam a fim de fornecer um quadro sempre mais amplo e precioso aos nossos seminaristas, desde suas entradas nessa nova experiência. A formação dos mesmos deve ser completa em todos os aspectos, pois ninguém pode dar o que não tem: prioritário e fundamental é o conhecimento bíblico e espiritual.

Este segundo ano o nosso seminário Diocesano é composto pelo reitor pe. Sidnei e cinco seminaristas, e conta com a colaboração do SAV (animadores vocacionais) e da equipe formativa que garante uma sadia formação aos nossos futuros sacerdotes. O tempo para o trabalho pastoral nas paróquias nos finais de semana, os encontros paroquiais e os retiros alegram e enriquece ainda mais a caminhada dos nossos jovens em formação. É o tempo em que se começa a entrar em ritmo da vida acadêmica, da vida de oração, da vida comunitária e fraterna, além do amadurecimento humano-afetivo. É o tempo de discernimento favorável e indispensável antes do envio ao Seminário Maior Regional Maria Mãe da Igreja em Campo Grande onde cursa-se a Filosofia e a Teologia.

Falar em seminário Cristo Sacerdote não é falar só de Naviraí paróquias ou cidade, onde a casa é situada, mas sim da inteira diocese nas suas vinte paróquias que a compõem, pois o seminário é uma realidade diocesana, sonho e projeto do bispo, de cada padre e de todos os fiéis que nos acompanham com carinho, generosidade e oração. Tenhamos sempre viva a alegria de ter um seminário na diocese.

Nos ajudem sempre a curtir esse sonho, e a rezar para que dessa realidade possam surgir sempre bons padres, continuadores da missão de Jesus.

Nos visitem: nosso seminário simples e modesto vos acolhe com prazer!

Powered by themekiller.com